Qualidade de vida

Entenda a importância do controle financeiro pessoal para a sua vida

Um grande mistério assombra a vida de milhares de pessoas todos os meses. “Para onde será que foi o meu salário?”, perguntam-se ao ver o saldo da conta-corrente pintado em vermelho muito antes do final do mês. Se você faz parte desse grupo, lembra bem como é amarga essa sensação.

Saiba que existe uma ferramenta que pode ajudá-lo a colocar ordem na sua vida financeira: o controle financeiro pessoal. Veja a seguir os principais motivos para incorporar esse hábito ao seu dia a dia e descubra como estabelecer um relacionamento mais saudável com suas finanças!

1. Permite melhor avaliação dos gastos

O primeiro benefício de manter um registro detalhado e sistemático de suas receitas e despesas é conseguir responder à pergunta do primeiro parágrafo. Muita gente se surpreende quando analisa pela primeira vez a composição de seus gastos mensais: quase sempre a parcela destinada a itens supérfluos é muito maior do que se imagina.

Uma vez que se tenha uma melhor noção de como se comportam as despesas, também fica mais fácil fazer uma reavaliação completa de seus hábitos de consumo. Assim, pode-se priorizar as categorias de gastos realmente importantes para você e sua família, como alimentação, habitação e saúde, e identificar potenciais candidatos a reduções ou cortes.

2. Ajuda a eliminar dívidas

No Brasil, o equilibrismo na corda bamba das dívidas é praticamente um esporte nacional. Mais da metade das famílias está endividada, e 3 em cada 4 brasileiros não conseguem guardar dinheiro. Temos aqui mais um aspecto favorável para se adotar um controle financeiro, já que ele permite atacar esse problema com a merecida prioridade.

Depois de mapear todas as despesas e listar aquelas em que se pode economizar, é possível prever com mais precisão quanto do salário pode ser dirigido para abater eventuais dívidas já contraídas, garantindo seu pagamento regular.

Pode-se, inclusive, renegociar o saldo devedor com a instituição credora, transferindo dívidas com juros altos para modalidades mais baratas e com fluxo de pagamento mais adequado à disponibilidade de seu orçamento.

3. Facilita o atingimento de objetivos financeiros

Como vimos, o estabelecimento de um controle financeiro pessoal traz benefícios quase imediatos. No entanto, além disso, também pode ser de grande ajuda na conquista de objetivos financeiros em longo prazo, como viajar com toda a família nas férias, mudar-se para um bairro melhor e até mesmo poupar para a aposentadoria.

Com o orçamento mensal bem organizado, dá para, aos poucos, aumentar o horizonte de planejamento e abrir espaço nas despesas para investir na poupança. Conhecendo o valor necessário para atingir cada objetivo, torna-se possível calcular quanto tempo e esforço serão necessários para alcançá-lo, ajudando a transformar sonhos em metas atingíveis.

4. Reduz o estresse

Além dos benefícios financeiros que listamos até agora, manter um controle financeiro pessoal também traz uma vantagem de natureza menos prática, mas possivelmente mais importante: tranquilidade.

Quando reduzimos a incerteza envolvendo dinheiro em nossa rotina, eliminamos um dos principais fatores geradores de ansiedade, inquietação e estresse. Em outras palavras: uma vida financeira organizada é um grande passo para uma vida pessoal e familiar mais equilibrada e feliz.

Agora que você conhece bons motivos para manter um controle financeiro pessoal, já se sente pronto para começar o seu? Caso já faça um acompanhamento de suas finanças, tem alguma dica interessante para quem está começando? Compartilhe com a gente suas dúvidas e experiências, deixando seu comentário aqui no post!

Sobre o autor

Avatar

Porto Seguro Imóveis

Deixar comentário.

Share This