Aluguel Qualidade de vida Venda

Veja o que observar ao escolher um imóvel para idosos

A terceira idade chega e, com ela, novas necessidades. Se o individuo que atingiu essa fase da vida estiver lúcido e capaz, pode viver de forma saudável e confortável, escolhendo a própria residência e assinando um contrato de locação. Todavia, ao escolher imóvel para idosos, há certos elementos que devem ser levados em consideração.

Neste artigo, apresentamos os principais quesitos para ajudar você a fazer a melhor escolha, tais como tamanho da casa ou apartamento, segurança, estrutura e áreas comuns. Boa leitura!

Localização

Um bom imóvel para a idosos deve estar bem localizado, isto é, próximo a pontos de transportes públicos, restaurantes, supermercados, praças, academias, entre outras utilidades que facilitem a mobilidade e independência ao sair de casa.

Além disso, nessa fase da vida, a necessidade de cuidar da saúde aumenta e as visitas a médicos, hospitais e farmácias crescem. Assim, morar perto de tais locais torna a rotina mais prática. 

Tamanho do imóvel

Um imóvel com poucos metros quadrados e sem garagem, por exemplo, pode ser a melhor opção para idosos, pois as tarefas de manutenção e limpeza tendem a ser mais fáceis e práticas. Além disso, com a economia gerada na compra do imóvel, é possível guardar dinheiro para outros importantes investimentos, como planos de saúde, aquisição de medicamentos, realização de atividades físicas e de lazer etc. 

Segurança

A segurança do imóvel também deve ser encarada como um fator decisivo na hora de fechar o negócio. Idosos que residem em imóveis vulneráveis, podem ser alvos de criminosos, por isso, apartamentos e casas localizados em condomínios são a melhor opção.

Geralmente, esses imóveis são mais reservados, uma vez que o acesso a eles é restrito. Há portarias, guardas, câmeras de vigilância, cercas e alarmes que garantem mais tranquilidade e segurança aos moradores. 

Estrutura

Para que os idosos possam viver bem e com comodidade, é altamente recomendável que o imóvel não apresente muitos desníveis, degraus ou escadas. Além disso, os pisos e revestimentos devem estar em perfeitas condições e serem antiderrapantes, a fim de zelar pela segurança dos moradores. 

Cômodos bem iluminados e arejados fazem a diferença e, portanto, devem ser priorizados. Os ambientes devem, também, ser espaçosos e não conter grandes quantidades de móveis que sirvam de obstáculos à passagem. Verifique se os banheiros, corredores e áreas próximas às camas possuem ou podem comportar a instalação de corrimãos. 

Áreas comuns

No caso de apartamentos e casas de condomínio fechado, é preciso avaliar o que as áreas comuns oferecem. Piscinas, saunas, quadras de esportes e salões de festa são importantes para que os idosos possam se socializar e obter mais qualidade de vida.

Contudo, é necessário conferir se esses espaços oferecem uma estrutura segura e de fácil acesso aos idosos com elevadores, rampas, corrimões e pisos próprios para ambientes úmidos e molhados.

Agora que você já conhece os principais fatores que devem ser analisados em um imóvel para idosos, consulte uma imobiliária de confiança para que obter auxílio e conhecer soluções voltadas à terceira idade.

Gostou do conteúdo? Então, siga-nos nas redes sociais e saiba mais sobre o mercado imobiliário. Estamos no Facebook, Instagram e YouTube!

Sobre o autor

Avatar

Porto Seguro Imóveis

Deixar comentário.

Share This